Páginas

sábado, 28 de abril de 2012

Projeto GAP

O projeto GAP é um lugar de proteção aos grandes Primatas, aqui a baixo está um pouco da história deste Grande Projeto. Confira:

História
Chimpanzé
O Great Ape Project (Projeto dos Grandes Primatas), ou GAP, é um movimento internacional criado em 1994, cujo objetivo maior é lutar pela garantia dos direitos básicos a vida, liberdade e não-tortura dos grandes primatas não humanos - Chimpanzés, Gorilas, Orangotangos e Bonobos, os parentes mais próximos do homem no mundo animal. Para tanto o projeto criou a Declaração Mundial dos Grandes Primatas, documento que oficializa os direitos creditados a estes animais.
O GAP nasceu a partir de idéias desenvolvidas em um livro de mesmo nome, escrito pelos filósofos Paola Cavalieri e Peter Singer, este último considerado um dos precursores no mundo do movimento de defesa de direitos dos animais. No livro, os autores e outros especialistas, entre os quais a primatóloga britânica Jane Goodall, explicam que os seres humanos e os grandes primatas compartilham características como organização social, comunicação e fortes laços afetivos entre os indivíduos, o que lhes conferem inteligência e, conseqüentemente, direitos muito similares aos nossos.
Atualmente o GAP tem representações em vários países, entre eles o Brasil. Aqui as primeiras idéias foram implantadas por volta do ano 2000 na cidade de Sorocaba, interior de São Paulo. Um chimpanzé órfão de 3 meses de idade foi adotado e criado como humano pelo microbiologista Pedro Ynterian, que acabou fundando o primeiro santuário brasileiro para os animais. O "bebê" ganhou o nome de Guga (veja em 'Nossos Hóspedes') e despertou o interesse pela pesquisa e acompanhamento de chimpanzés vítimas de maus-tratos no país, dando início as atividades do GAP Brasil.
No ano de 2006 o "braço" do GAP no Brasil passa a ser representado oficialmente pela ONG Projeto GAP - Grupo de Apoio aos Primatas. Em 2008, o país conta com quatro santuários afiliados e alinhados com as idéias do Great Ape Project que hospedam 71 chimpanzés, a maioria recuperados após sofrerem maus-tratos em circos e estarem em condições inadequadas em zoológicos.

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Globo Repórter: Brasileiros ganham a vida com materiais jogados fora


No programa dessa sexta (27), você vai conhecer pessoas que vivem da reciclagem e saber quem são os jovens que lucram exportando sucata.
No Globo Repórter, os heróis anônimos da reciclagem: como vivem os brasileiros que ganham a vida nas ruas, recuperando o que jogamos fora?
Bispo: o homem que construiu a vida a partir do lixão, carrega sozinho meia tonelada. Viaja pelo mundo dando aulas sobre meio-ambiente e já comprou a casa própria.
De catadora, a líder comunitária: Marli transformou a cooperativa num centro de educação ambiental.
E nós, sabemos como evitar que o nosso lixo acabe com a saúde da Terra?
Um condomínio que aprendeu a ganhar dinheiro com a reciclagem. A oficina mecânica mais limpa do Brasil. E a criatividade do engenheiro que conseguiu eliminar toda a sujeira.
Para onde vão os restos dos nossos computadores e equipamentos eletrônicos? Os jovens que aprenderam a recuperar peças e até lucram exportando a sucata que polui e ameaça a vida nas grandes cidades.
E a cidade que ensinou à toda a sua população que reciclar vale a pena.

quinta-feira, 26 de abril de 2012

ONGs

Oi pessoal, acho importante essas questões de ONG ou instituições que ajudam os animais. Por isso, vou começar a colocar nomes e links de ONGs que ajudam animais perdidos. A primeira é a
 Ajuda Animal.
A Ong Ajuda Animal é uma Ong de Ribeirão Pires, fundada em 2008 agora com 300 animais que recebem todos os cuidados necessários até que sejam adotados. Todos foram recolhidos das ruas após abandonos maus tratos.
Para conhecer cães e gatos que estão para adoção clique aqui.
Se você não tem espaço em casa, mas tem espaço no seu coração, seja um Dono Virtual...
http://www.ajudanimal.org/adote/adote-me/dono-virtual.html





Tomara que gostem dessas notícias.