Páginas

sexta-feira, 5 de junho de 2015

Dia Mundial do Meio Ambiente e da Ecologia

Hoje, no dia 05 de junho, é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente, e de acordo com o site Terra, temos 10 motivos para comemorarmos esse dia, por boas notícias no Brasil e no mundo, são eles:
1- Desmatamento da Amazônia cai 24%
2- Cresce o número de produtores orgânicos
3- São feitos compromissos para reduzir emissão de gases
4- Existirá mais energia solar
5- Frigoríficos contra o desmatamento
6- Estados Unidos lidera debates climáticos
7- Gás vindo de lixos, geram energia
8- China pune usinas poluidoras
9- Investimento em energia eólica
10- Painéis solares mais baratos

A queda no desmatamento da  amazônia foi dada pelo Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) a partir do Deter, sistema que detecta desmatamentos em tempo real por satélites. De 2012 a 2013, o estado do Mato Grosso foi o estado que mais desmatou a Amazônia, mas houve queda de 35% nessas estatísticas de agosto de 2013 a maio de 2014.
O segundo estado brasileiro com maior índice de desmatamento foi o Pará, a dificuldade em conter esses desmatamentos está na fraca fiscalização e no alto número de proprietários irregulares de terras. Em Roraima, Acre, Maranhão e Tocantins houve aumento no desmatamento entre 2013 e 2014. 
Durante esse tempo de queda do desmatamento na Amazônia, a produção de soja e gado aumentaram, e de acordo com um estudo da revista Science, é possível reduzir o desmatamento e ao mesmo tempo aumentar a produtividade de alimentos no país. Esse desenvolvimento seria possível graças a um acordo entre o governo e o setor agropecuário, com fiscalizações ao combate do desmatamento ilegal e propriedades irregulares, e o projeto "Carne Legal", que conta com indústrias cem indústrias frigoríficas que devem desestimular o consumo de carne produzida na prática do desmatamento,
É possível diminuir mais e mais esse desmatamento, pelo menos começamos a ver uma diferença, começamos a ver que as pessoas estão começando a fazer algo e não apenas esperar. Tome iniciativa você também.

Fonte: G1 e Terra

Nenhum comentário: