Projeto Tamar tem 3 bases fechadas

19:54


Por fraude, governo federal bloqueia repasses ao Projeto Tamar - CTB

Bahia, Sergipe e Rio Grande do Norte, são os locais em que bases do projeto Tamar para preservação das tartarugas, foram fechadas por ordens do ministro do meio ambiente, Ricardo Salles.
Tal notícia foi publicada no Diário Oficial em 28 de maio, na quinta-feira, pelo Instituto Chico Mendes (ICMBio), assinado pelo presidente do órgão - Homero de Giorge Cerqueira -, responsável pelo projeto e subordinado do ministério do meio ambiente.

Além disso, outras bases foram "ameaçadas" de fechamentos, pois só deverão continuar em funcionamento se houver “necessidade de ações de pesquisa e conservação conduzidas pelo centro para a localidade, durante todo o período do ano, comprovada por meio dos projetos de pesquisa ou de conservação e de planos de trabalho aprovados”.

Mais tarde, no mesmo dia, Ricardo Salles publicou em sua conta no Twitter que a decisão de fechamento de tais bases em, Camaçari - BA, Parnamirim - RN e Pirambu - SE (a mais antiga do projeto), partiu diretamente do Projeto Tamar, já que não haviam mais servidores para seu funcionamento adequado.

De acordo com o ICMBio: a base de Camaçari foi transferida para Salvador; os funcionários de Parnamirim, foram realocados em Fernando de Noronha; e, de acordo com eles, há uma nova base em Caravelas, na Bahia.

Neva Marcovaldi, fundadora e coordenadora do projeto, afirma que o trabalho de pesquisa e conservação continua, e que não há desestruturação do programa.

You Might Also Like

0 comentários