Ricardo Salles e o golpe na Amazônia e no Brasil

15:52

Em nota pública, Novo diz que Ricardo Salles 'não representa' a ...
 Foto: Jorge William / Agência O Globo
Como todos os brasileiros já devem saber, o ministro do meio ambiente do nosso país, na verdade, não defende o meio ambiente, mas sim, o mata. E "dá de baciada à regulamentação a simplificação regulatória" para todos aqueles madeireiros, pecuaristas, entre outros, que defendem a morte da nossa floresta.

O vídeo da reunião ministerial, do dia 22 de abril, liberado hoje, por ordem do ministro Celso de Mello, apenas prova todo o projeto destrutivo do governo. Sérgio Moro, o ex-ministro, já tinha citado em seu depoimento sobre como a reunião provaria sua fala sobre a interferência do presidente sobre a polícia federal, mas na verdade vemos aí mais do que apenas uma interferência.

Enquanto o mundo anuncia como o desmatamento da Amazônia brasileira avançou nos últimos 10 anos, com 171% maior que o registrado em abril de 2019. Foram 529 km² destruídos, de acordo com o Imazon (Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia). Em meio à pandemia, a fiscalização diminuiu, diretores que iniciavam megaoperações para impedir a exploração ilegal foram demitidos pelo sádico ministro do meio ambiente, e assim, o desmatamento apenas avança e Ricardo Salles apenas torce para que isso ocorra.


De acordo com o ministro, esse momento, em que o Brasil e a imprensa se afogam com o Covid-19 (pois todos estão preocupados em salvar pessoas), é para que eles aproveitem para facilitar regulamentações a grandes empresários horrendos que os apoiam.

Além disso tivemos declarações de Abraham Weintraub, o ministro sem educação, que disse que se fosse por ele, já teria colocado "esses vagabundos todos na cadeia; começando pelo STF".

Não é possível que possamos assistir a destruição da Amazônia permitida por homens como esses. Eu, sinceramente, não sei se sinto nojo ou vontade de chorar.

Deixo aí embaixo uma foto do que o desmatamento causa, por Araquém de Alcântara. 

Foto de tamanduá fugindo do fogo na Amazônia viraliza

You Might Also Like

0 comentários