Páginas

quarta-feira, 20 de junho de 2018

TAMAR e 35 milhões

Esse ano o projeto TAMAR comemora as 35 milhões de tartarugas salvas e devolvidas ao mar desde sua criação em 1980. Atualmente, por ano, o projeto devolve cerca de 2 milhões de filhotes, além de 5 mil adultos e juvenis resgatados em risco, tratados e devolvidos ao mar.
As principais ameças para essas tartarugas hoje nem tanto é a pesca predatória, mas sim a poluição (com as milhares de embalagens plásticas em nossos mares), pesca incidental e mudanças climáticas.
O projeto atua em diversas vertentes, pesquisa, proteção à locais de desova, vigia em locais de alimentação dessas tartarugas para atuação com pescadores que por incidente capturaram aquele animal, além de educação ambiental à comunidade tanto para crianças e adolescentes como a Escolinha do TAMAR  ou Tamarzinhos ou então para adultos no geral, com sensibilização ambiental Nossa Praia É a VidaNem Tudo que Cai na Rede É Peixe.
A presença do trabalho de preservação do Tamar em todo o Brasil e extensa e pode ser vista por esse mapa:
Mas os centros de visitação para o público se restringe à Ubatuba/SP, Florianópolis/SC, Vitória/ES, Regência/ES, Arembepe/BA, Praia do Forte/BA, Fernando de Noronha/PE e Oceanário de Aracaju/SE.

Nenhum comentário: