Tudo o que fizemos em 2021

15:35

 O ano de 2021 não foi fácil para ninguém e muito menos para o meio ambiente, o que rendeu muita pauta de postagens para o Verdeante, porém muita coisa também aconteceu fora do blog.

Não acho que exista uma linha do tempo de tudo que aconteceu exatamente, mas sempre envolve conexões com outras pessoas que estão se unindo por uma mesma causa.

No início do ano, o Verdeante se tornou parceiro da Youth.ify, uma organização internacional de jovens que lutam contra as mudanças climáticas. A Youth.ify foi recentemente premiada com o Stay Stoked Award 2021 da Algalita, uma organização fundada em 1999 que conecta jovens a cientistas, especialistas, políticos e empresas para ter conversas reais sobre o consumo de plástico. E no próximo ano ainda virão novidades dessa parceria.

Também nos envolvemos no Movimento da Sociedade pela Mata Ciliar em nome da preservação da Serra do Japi, apoiando a Associação Mata Ciliar contra o avanço do aeroporto sobre áreas de preservação. 

O Verdeante também teve entrevistas incríveis com pessoas como Hamangaí Pataxó comentando sobre a atuação dos povos indígenas e a voz dos jovens pela preservação da natureza, com Renan Narvais que apresentou sua arte e envolveu o tema de ativismo criativo, além da fotografia que foi trazida pela Soliane Corrêa.



Além disso, o projeto Escreva no Verdeante começou, tendo pessoas incríveis que já publicaram por aqui, como Layles Pezzini, Elvis Santos e Brunna Sachs.

Junto com o Climate Reality e o Fridays For Future também fomos parte da construção do Manifesto Jovens pela Educação Climática que alcançou muitas pessoas e se tornou recentemente um projeto de lei no Rio de Janeiro. Você ainda pode assinar o manifesto e nos apoiar a instituir a Educação Climática em todas as escolas de ensino básico do país.

Graças ao blog, também fui convidada a palestrar em um treinamento online (o Swinter Pannel) organizado pela YCAC Latam, organização jovem da América Latina pela luta contra as mudanças climáticas, o que foi um momento muito especial em que pude falar um pouco sobre como é o ativismo no contexto latino americano. 

E fui premiada com uma bolsa de estudos na Global Citizen Year Academy, um programa global de treinamento virtual sobre liderança por onde passei durante 3 meses aprendendo muito sobre temas incríveis que com certeza serão pautas para publicações aqui no blog no ano que vem.


E para 2022, só torço para que mais coisas e pessoas incríveis entrem no caminho do Verdeante, para agregar cada vez mais o conteúdo e também a forma como fazemos ativismo, tornando-o cada vez mais educativo e efetivo.

You Might Also Like

0 comentários